Rádio Rios de Água Viva

VINTE E QUATRO HORAS NO AR



10 de outubro de 2014

A shekinah de Deus, na porta da tenda

Shekinah é uma palavra hebraica que significa a presença de Deus. É a glória de Deus, é a Sua constante presença conosco cobrindo a nossa vida em todos os momentos e nos livrando de todo mal, nos dando uma vida de conquistas, vendo as maravilhas de Deus, todos os dias enquanto estivermos escondidos na sua tenda que é o nosso esconderijo.


Tanto no antigo e no novo testamento Deus manifestou a sua shekinah de várias maneiras. Mais neste estudo quero me prender ao livro de Êxodo 33:7-10; Esse texto nos fala da glória de Deus que era manifesta a porta da tenda. Vejamos:

E tomou Moisés a tenda, e a estendeu para si fora do arraial, desviada longe do arraial, e chamou-lhe a tenda da congregação. E aconteceu que todo aquele que buscava o Senhor saía à tenda da congregação, que estava fora do arraial.

E acontecia que, saindo Moisés à tenda, todo o povo se levantava, e cada um ficava em pé à porta da sua tenda; e olhava para Moisés pelas costas, até ele entrar na tenda.
E sucedia que, entrando Moisés na tenda, descia a coluna de nuvem, e punha-se à porta da tenda; e o Senhor falava com Moisés.

Na simbologia bíblica tenda também simboliza Cristo, a coluna de nuvem simboliza a shekinah de Deus, a sua presença no meio do seu povo.


Quando Moisés entrava na tenda a coluna de nuvem parava a porta da tenda, e o Senhor falava com Moisés lhe dando direção e lhe revelando o seu querer a sua vontade.


Observe que era na porta da tenda que a glória de Deus era manifesta, e cada um da porta da sua tenda, esperava Moisés entrar na tenda observando-o pelas costas. Isto tem um significado importantissimo para nós. Veja o que significa:



Isto significa que se não estivermos em Cristo que é a nossa tenda, que é a porta que no conduz a salvação, não teremos a presença de Deus em nossas vidas. Se não estivermos em Cristo não veremos a glória de Deus. Deus só revela a sua vontade por meio de Cristo, fora de Cristo não há vida.


Muitos querem ver a glória de Deus e não querem obedecer a Cristo, vivem uma vida a seu bel prazer, buscando somente as coisas da terra. Deus só vai revelar a sua glória, por fim na situação que estás vivendo, quando Cristo Jesus for a porta de entrada na tua vida, quando estiveres guardando e praticando a sua palavra.


Vejamos o significado de quando Moisés estava entrando na tenda e o povo observava as suas costas; costas revela o que está pra trás, para trás ficaria a lei, e que na frente, dentro da tenda estaria a graça (favor imerecido), dentro da tenda estaríamos seguros para todo o sempre, pois agora estaríamos em Cristo.


Moisés pediu para ver a glória de Deus; Vejamos:

Então ele disse: Rogo-te que me mostres a tua glória.

Porém ele disse: Eu farei passar toda a minha bondade por diante de ti, e proclamarei o nome do Senhor diante de ti; e terei misericórdia de quem eu tiver misericórdia, e me compadecerei de quem eu me compadecer.
E disse mais: Não poderás ver a minha face, porquanto homem nenhum verá a minha face, e viverá.
Disse mais o Senhor: Eis aqui um lugar junto a mim; aqui te porás sobre a penha.
E acontecerá que, quando a minha glória passar, pôr-te-ei numa fenda da penha, e te cobrirei com a minha mão, até que eu haja passado.
E, havendo eu tirado a minha mão, me verás pelas costas; mas a minha face não se verá. (Êxodo 33:18-23).

Deus permitiu a Moisés vê-lo pelas costas, Moisés contemplou a bondade e a misericordia de Deus, na dispensação da lei, alei ficaria pra trás, pois se encerraria em Cristo. Quando Deus pôs Moisés sobre a penha (rocha) tipificava a dispensação da graça, que estando na fenda que é Cristo, a nossa rocha, a pedra angular de esquina, nosso entendimento seria aberto para vermos a glória de Deus. Moisés viu a glória de Deus na lei, e nós vemos a glória de Deus na graça através de Cristo Jesus.

Jesus é a glória de Deus revelada em nós, a nossa tenda, o nosso tabernáculo, hoje temos a sua presença constante, temos o seu Santo Espírito que habita em nós, temos visto sua shekinah, em nossas vidas. A nossa casa está edificada sobre a rocha, que é Cristo e na sua palavra que nos dá poder sobre satanás e toda força das trevas.
Que Deus em Cristo Jesus nos abençoe, pois em Cristo somos mais que vencedores.
Cristina M S Silva/cris-silvano@hotmail.com


19 de setembro de 2014

A estrela de David



Há uma polêmica muito grande sobre a estrela de David. Muitos afirmam que é o mesmo hexagrama usado no ocultismo, isso não é verdade, neste estudo que foi dirigido pelo Espírito Santo, iremos esclarecer os mitos que foram criados em cima deste fato. Vejamos mais adiante, os pontos específicos.
De acordo com a tradição judaica, este símbolo era desenhado ou encravado sobre os escudos dos guerreiros do exército do rei Davi. Esta tradição teve origem no fato de o nome hebraico para Davi (pronunciado David) ser escrito originalmente por três letras do alfabeto hebraico - Dalete, Vava e Daleta.


Estas duas letras Dalet tinham uma forma triangular no alfabeto hebraico usado até então, uma variação do alfabeto fenício, conhecido como proto-hebraico. Estas duas letras então eram encravadas nos escudos dos soldados uma sobreposta a outra, formando uma espécie de estrela. (Wikipédia, a enciclopédia livre).


A estrela de Davi (chamada de Escudo de David), é um símbolo real, um selo de realeza representativo do reinado de David.


De acordo com a história quando as nações pagãs iam à guerra, muitas vezes pintavam figuras para inspirar medo aos adversários nos escudos dos seus próprios soldados (tais como dragões, cobras, etc.) No entanto, em Israel, o símbolo é o escudo de David.

O hexagrama usado no ocultismo é um triângulo, entrelaçado, esse simbolo foi inspirado pelo próprio diabo para tentar distorcer o verdadeiro significado, sobre a estrela de David.

A estrela de David são dois triângulos sobre postos, com a letra D do início e do final do nome de DAVID, letra que tinha forma de triângulo.

David era um servo de Deus aprovado, um homem segundo o coração de Deus, jamais ele aceitaria idolátria, nem nada ligado ao reino das trevas, para ser simbolo no seu escudo. Foi um homem que teve o ministério, real, sacerdotal, e profético, dado pelo próprio Deus, jamais essa estrela representaria um símbolo satânico. O diabo é um imitador das coisas de Deus inspirou seus servos a criarem o hexagrama para confundir aqueles que não tem o conhecimento, e nem a revelação do Espírito Santo. Satanás quer cegar o entendimento dos incrédulos, para que não lhes resplandeça a luz do evangelho. Ele que deturpar tudo que é criado para glória de Deus, ele quer reverter para o seu reino.

A estrela de David simboliza o próprio Cristo. Na bíblia não tem a expressão "estrela de Davi;" mas através do texto seguinte, temos base para afirmar que simboliza Cristo. Leia; Apocalipse(22, 16): "Eu, Jesus, enviei o meu anjo para vos atestar estas coisas a respeito das igrejas. Eu sou a raiz e o descendente de Davi, a resplandecente estrela da manhã."

A bandeira de Israel tem por símbolo a estrela de David, Israel foi a nação escolhida por Deus. Jesus disse para a mulher samaritana em João 4:22 que: A salvação vem dos Judeus. Essa estrela simboliza na bandeira de Israel a frase: EU SOU A SALVAÇÃO. Quem olhar para bandeira de Israel deve lembrar que só em Jesus Cristo há salvação, tanto, para os judeus, gregos, gentios, povos, e nações, tem que se arrepender e aceitar o Senhorio de Cristo.

A estrela de David tem seis pontas, na numerologia bíblica o numero 6, simboliza o numero do homem. Os dois triângulos sobre postos, simboliza a deidade de Cristo, sua natureza humana e divina.
Baseado em Isaías 9:6, iremos analisar os pontos da estrelas e seu significado. Começa dizendo: Um menino nos nasceu, e um filho se nos deu (Jesus homem), e o principado está sobre os seus ombros; o seu nome será, Maravilhoso, Conselheiro, Deus forte, Pai da eternidade, Principe da paz (atributos divinos).





Cinco pontos que iremos destacar na estrela de David


Maravilhoso - Extraordinário, que opera maravilhas, milagres, que nos faz bem, quem tem Jesus vivi e desfruta das suas maravilhas. No seu ministério terreno Jesus operou maravilhas extraordinárias, e ainda continua operando pois Ele é o mesmo.


Conselheiro - Jesus o nosso supremo conselheiro, que nos orienta, nos guia sempre pela vereda das justiça que é a sua palavra. Devemos aceitar sempre os seus conselhos que são verdade, e firmeza (Isa. 25:1).


Deus forte - Poderoso, grande, forte, dono de todo o poder. Ele disse: Eis que é me dado todo o poder nos ceus e na terra ( Mat. 28:18). O Deus conquistador que nunca perdeu uma batalha. Literalmente O grande, o todo poderoso. Esse é o nosso Deus.


Pai da eternidade - O pai de todos os tempos e eras (Heb. 1:2). Nunca houve um tempo em que Deus não existisse, e nunca haverá um tempo em que ele não existirá.


Princípe da paz - Só Cristo pode nos dá a verdadeira paz, a paz que excede todo o entendimento. Ele disse que nos daria a paz, não a que o munda dá, pois a do mundo é falsa, é passageira. Em Cristo desfrutamos da verdadeira paz.


Então existe, uma grande diferença, entre a estrela de David e o hexagrama. O hexagrama é entrelaçado, e tem como objetivo de exaltar as trevas. A estrela de Davi é sobre posta, e tem como objetivo de exaltar o messias.

Jesus é a resplandecente estrela da manhã, voltará para levar para si, um povo que guarda e ama a sua palavra e que não é enganado, por satanás e seus servos. Que Deus nos abençoe em Cristo Jesus.


Cristina M Silvano de Andrade/cris-silvano@hotmail.com



21 de julho de 2014

O valor que há no tabernáculo




Definição: A palavra tabernáculo deriva da expressão hebraica mishkân, e tem o sentido de habitação, templo, moradia, tenda, cabana, casa. Sua estrutura básica devia medir em torno de 5m de largura, 15m de comprimento e 5m de altura.(Biblia KJ). 

No tabernáculo se realizava o culto público, desde que os israelitas andaram pelo deserto até o reinado de Salomão, era não só o templo de Deus mais o palácio do Rei invisível. Era a sua "santa habitação", o lugar que Deus encontrava o seu povo, tendo com os israelitas comunhão. Podemos dizer que o tabernáculo era a moradia de Deus (Êxodo 25:8). O próprio Deus fez o projeto, é o arquiteto do tabernáculo, Ele deu a Moisés o modelo de como deveria ser (Êxodo 25:9). Não podemos esquecer que o tabernáculo era móvel. Nós também somos tabernáculos do Senhor, pois o seu Santo Espírito habita em nós.

Qual o propósito divino com o tabernáculo?

Deus queria que o povo o adorasse em um só lugar, que houvesse uma unidade. Deus não queria apenas ser conhecido como o Deus de Abraão, Deus de Isaque, Deus de Jacó, mas como um Deus pessoal, Deus queria que o povo tivesse acesso a Ele. No principio Adão e Eva conversavam com o pai no jardim do Éden e por causa do pecado perderam a comunhão. Deus como é misericordioso estabeleceu o tabernáculo, para que o homem tivesse um lugar específico para encontrar o seu criador como no principio. O tabernáculo seria o centro espiritual de Israel. O tabernáculo era o elemento de unificação, pois ali o povo estaria sempre unidos.

Como vimos na difinição o tabernáculo era a casa de Deus, onde o seu povo se reunia para adorá-lo. Devemos valorizar a casa de Deus, pois é lá que Deus ordena suas bençãos sobre nossas vidas. Hoje nos reunimos no templo, onde chamamos de igreja, ou denominação. Temos que valorizar o lugar onde nos reunimos com os irmãos com um único propósito e objetivo: o de adorar a Deus. Temos que valorizar a casa do Senhor, como um ponto de encontro entre nós e o nosso Deus, não que Deus esteja limitado a se manifestar somente no templo, ele está conosco onde quer que estejamos quando somos fiés a Ele. Mas no tabernáculo (templo) é um lugar separado por Ele pra nos abençoar, os pópositos de Deus continuam o mesmo, Ele quer que separemos um lugar onde temos liberdade de adororá-lo, e termos comunhão uns com os outros.

O tabernáculo tem grande valor para nós pois tipifica a obra redentora de Cristo, de levar os pecadores para Deus. Pois, cada utensílio do tabernáculo tipifica Cristo, em outra oportunidade iremos falar dos utensílios do tabernáculo. Podemos dizer também que Cristo é o nosso tabernáculo, pois habitamos Nele, e nós somos o seu tabernáculo, pois Ele habita em nós. Viveremos eternamente com Cristo nosso eterno tabernáculo como diz em Apocalípse 21:3,4: e Ouvi uma forte voz que procedia do trono e declarava: EIS QUE O TABERNÁCULO DE DEUS AGORA ESTÁ ENTRE OS HOMENS, COM OS QUAIS ELE HABITARÁ. ELES SERÃO O SEU POVO E O PRÓPRIO DEUS VIVERÁ COM ELES, E SERÁ O SEU DEUS. E ELE (O tabernáculo, Jesus) LHES ENXUGARÁ DOS OLHOS TODA A LÁGRIMA; NÃO HAVERÁ MAIS MORTE, NEM PRANTO, NEM LAMENTO, NEM DOR.

O que estamos fazendo com o tabernáculo de Deus?

Vimos nos tópicos acima que existem tres tipos de tabernáculos: o Templo, nós, e Cristo.

O que estão fazendo com o tabernáculo templo?

O que estão fazendo como o tabernáculo corpo?

O que estão fazendo com o tabernáculo Cristo?
Vejamos o que Jesus disse a respeito da sua casa, o templo: Jesus entrou no templo e expulsou todos os que ali estavam comprando e vendendo. Derrubou as mesas dos cambistas e as cadeiras dos que vendiam pombas,
e lhes disse: "Está escrito: ‘A minha casa será chamada casa de oração’; mas vocês estão fazendo dela um ‘covil de ladrões’".

É isto que estão fazendo com o tabernáculo, com o templo do Senhor, estão usando a casa de Deus para comercio, para obter fins lucrativos, o objetivo não é mais adorar o Pai, não é mais manter comunhão com Ele, como nos ensina o verdadeiro sentido do tabernáculo, e sim enganar o povo.

Hoje a maioria das "igrejas" usam a casa de Deus para vendas, ponto de encontro, arrumar namorado, serviço social, campanhas e correntes tolas que só visam buscar os bens desta terra. Cuidado! Deus está vendo o que estão fazendo com o seu tabernáculo, e ele cobrará, o seu juizo será sem misericordia.

O que estão fazendo com suas vidas? O nosso corpo foi criado para ser templo e morada de Deus, habitação do Espírito Santo (ICor. 6: 15-20). Nosso corpo não foi criado pra ser morada de demônios, de doenças, nem pra viver nos prazeres da carne. Nosso corpo não foi criado para viver em prostituição, fornicação, adulterio, ser destruido pelos vicios, como: Bebidas alcoolica, drogas, glutonarias, e as demais obras da carne (Leia Gálatas 5) essas coisas destroem o templo de Deus, que tem que ser somente templo e morada do seu Santo Espírito. Portanto se santifica, cuida do templo de Deus que é voce, arranca da tua vida tudo o que desagrada a Deus, abandona a iniquidade (pratica constante do pecado), e terás a presença constante do maravilhoso Espírito Santo.

 
O que estão fazendo com Cristo nosso eterno tabernáculo? Nele sempre nos abrigaremos e estamos escondidos dos ataques de satanás. Estão o crucificando cada dia, estão pisando no seu sangue, estão o negando, quando aceitam heresias que sua palavra condena, estão o negando, quando defendem o falso evangelho da prosperidade terrena. Dizem que servem a Cristo mas o estão negando com suas atitudes. Jesus nunca mandou ninguém levar nenhum objeto "ungido" para casa, Ele nunca ensinou isso aos seus discípulos, Ele ensinou somente guardar e ensinar sua palavra ( Mateus 28:20). Objetos "ungidos" é idolatria, e os idólatras não herdarão de Deus(I Cor. 6:9) .Quem pratica essas coisas é guiado por satanás e não por Deus. Jesus nunca morou em mansão, nunca andou em carruagens, no melhor cavalo; ao contrário ele disse que não tinha onde reclinar a cabeça (Mateus 8:4), quando entrou em Jerusalém entrou montado em uma jumentinha, não nasceu em palácio e sim em uma mangedoura, nunca insentivou ninguém viver buscando as coisas do mundo. Ele disse: Buscai primeiro o reino de Deus e a sua justiça e as demais coisas vos serão acrescentada (Mateus 6:33).

Infelizmente a história se repete estão preferindo Barrabás do que a Cristo, preferem o evangelho da facilidade apresentado por satanás, e os seus falsos apóstolos, do que o verdadeiro evangelho de Cristo que nos manda renunciar, o mundo e os seus aparentes prazeres, pois o mundo passa, e as suas concupiscências, mas aquele que faz a vontade do Senhor permanece para sempre (I João 2:17).

Valorize a obra redentora de Cristo que entregou sua vida na cruz, para te livrar das garras de satanás e te dar vida eterna.
Ame, valorize, guarde a sua palavra. Rejeite tudo aquilo que a palavra de Deus rejeita e assim estarás conservando e valorizando o tabernáculo de Deus.

Que Deus em Cristo Jesus esclareça todo o teu entendimento para honra e glória do seu nome.


Cristina M Silvano de Andrade  / cris-silvano@hotmail.com

19 de maio de 2014

O verdadeiro significado da pascoa



A palavra pascoa (pessâh ou peh'sakh, em hebraico) significa: Passagem sobre, ou passar por cima (Bíblia BKJ). Também significa pular além da marca. Em Exôdo 12:1-11 encontraremos a instituição da pascoa. Deus orienta o povo como prepará-la e ordena que passem sangue nos umbrais das portas para que quando o anjo da morte, viesse matar os primogênitos dos egípcios, passasse por cima das casas que tivessem a marca do sangue. Por isso que a pascoa significa passar por cima ou pular além da marca. Quando o anjo da morte tenta nos tocar ele ver em nossas vidas o precioso sangue de Jesus, aspergido em nossos corações que é a porta de entrada, a porta que abrimos para receber o senhorio de Jesus. Ele tem que pular além da marca, pois quem é de Deus o maligno não toca.

Vale ressaltar que os israelitas não foram livres pelo simples sangue de um animal que eles aspergiram nos umbrais das portas, e sim pela obediência a Deus de ter feito o que Deus ordenou. Pois Deus não precisava ver um sangue para livrar o seu povo, o que Ele queria era ver, se o povo seria obediente a sua palavra. E também esse sangue simbolizava o sangue de Cristo que seria derramado por amor das nossas vidas.

O sangue não poderia ser aspergido na soleira das portas para que os pés não os pisassem. Por isso foi aspergido nos umbrais das portas, para que não fosse pisado. Quantos hoje tem pisado o sangue do cordeiro pois o tem colocado na soleira das portas, e não nos umbrais como foi ordenado pelo Senhor. Não se converteram de fato e de verdade ao Senhor, vivem uma vida de conformidade com o mundo e estão escandalizando o nome de Cristo. Mas para esses diz o Senhor: Quebrando alguém a lei de Moisés, morre sem misericordia, só pela palavra de Duas ou três testemunhas. De quanto maior castigo cuidas vós será julgado merecedor aquele que pisar o filho de Deus, e tiver por profano o sangue do testamento, com que foi santificado, e fizer agravo ao Espirito da graça? Porque bem conhecemos aquele que disse: Minha é a vingança, eu darei a recompensa, diz o Senhor. E outra vez: O Senhor julgará o seu povo. Horrenda coisa é cair nas mãos do Deus vivo. (Hebreus 10:29-31).

O cordeiro para o sacrifício tinha que ser macho e sem defeito, não podia ser quebrado seus ossos, o animal tinha que ser sacrificado ao crepúsculo da tarde, o cordeiro tinha que ser assado e ficar sobre as chamas e comido com pães asmos e saladas de ervas amargas . O cordeiro tinha que ser assado, não deviam comer nenhuma carne crua, pois os egípcios faziam estas práticas, comiam carnes cruas em honra aos seus deuses, em especial a deusa Osíris.

Tudo que o Senhor nos ordena tem um propósito ele só quer ver o nosso bem, ele quer que sejamos obedientes a sua palavra, só assim não seremos condenados com o mundo, participando dos rituais malignos e mundanos, que os impios oferecem aos seus deuses. Temos que fazer a diferença.

Cristo é o nosso cordeiro pascoal, cordeiro sem mácula, sem defeito (I Pe 1:18,19 e João 1:29). O Senhor Jesus ficou sobre as chamas do sacrifício divino, Ele foi sacrificado pelos nossos pecados sendo ele perfeito. Os ossos não poderiam ser quebrado porque ossos na simbologia bíblica simboliza a vida espiritual, mostrando com isso que a essência espiritual de Cristo não poderia nunca ser quebrada. Temos comunhão com ele através do seu sangue, e dá fé no seu sacrifício expiatório. O cordeiro deveria ser separado 4 dias antes do dia 14 do mês de Nisã (Março/Abril). Jesus entrou em Jerusalém no exato dia da separação do cordeiro, e morreu no mesmo dia do sacrifício.

Foi no crepusculo da tarde que ele deu o brado está consumado! Vocês estão livres! Assim como o povo de Israel passou da escravidão para liberdade, nós através da morte e ressurreição de Cristo, que foi o nosso cordeiro pascoal, nós passamos da morte para a vida. Esse é o verdadeiro sentido da pascoa.

Os pães asmos; (sem fermento) simboliza o pecado, temos que tirar das nossas vidas tudo que queira nos afastar de Deus, abandonar o pecado e vivermos uma vida de sanificação (I Cor. 5:6-8). Deixemos todo embaraço e pecado que tão de perto nos rodeia (Rm 12:1).

As ervas amargas; elas não estão especificadas, quais eram, mais a quem diga que seja: chicória, alface selvagem e marroio branco que tem paladar bem amargo. Isso deveria fazer Israel se lembrar da sua amargura e escravidão no Egito.

A pascoa deveria ser comida, com os lombos cingidos, com os sapatos nos pés, o cajado nas mãos e apressadamente. Lombos cingidos significa que deveriam está com todas as vestimentas no corpo, pois os judeus vestiam vestes inferiores e exteriores, e túnicas ou capas, e cintos cingidos nos lombos ou faixas, para vestir-se demoravam um pouco. A ordem era para que já estivessem vestidos. Os sapatos nos pés, porque os judeus ao entrar nas casas tiravam as sandálias, ficavam em casa descalços, por isso já tinha que está calçados pois as sandálias eram amarradas e podia demorar para calçar na hora da fuga. Cajado nas mãos, porque dentro de casa eles não ficavam segurando os cajados. Os cajados serviam como arma de defesa e proteção, como apoio, para corrigir crianças, para auxiliar os pastores de ovelhas. E deviam comer apressadamente, tudo isso aponta para uma só ordem, deviam estar, prontos preparados nada poderia, detê-los, não poderiam se embaraçar com nada natural na hora de partir.

Assim tem que ser nas nossas vidas, devemos está com as nossas vestes espirituais limpas, prontas para adentrarmos as mansões celestiais, devemos ter nossos pés calçados na preparação do evangelho da paz. Com a o cajado que simboliza a palavra de Deus, em nossas mãos, prontos para usarmos quando necessário, para nos defender e nos proteger das astutas ciladas do inimigo, para nos apoiar e nos sustentar, para nos corrigir, para nos edificar, e nos auxiliar em todos os momentos e qualquer situação; pois só com a palavra de Deus em nossas vidas podemos escapar do dia mal.

Apressadamente significa que devemos ter pressa, pois o reino de Deus é tomado por esforço, devemos estar vigiando a todo tempo, pois o Senhor está voltando ele virá a qualquer momento e temos que está preparados quando ele vier nos arrebatar. Como os israelitas estavam preparados comendo a pascoa , em pé aguardando a hora da fuga, devemos está preparados aguardando a volta do nosso Senhor que já nos tirou do Egito, da casa da servidão e nos levará para as mansões celestiais. A nossa fuga será o arrebatamento da igreja, o nosso cordeiro virá nos buscar. Aleluias!

A pascoa do antigo testamento aponta para o sacrifício expiatório de Cristo. Ele é o cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo. Ele celebrou a pascoa, e instituiu a ceia (Lc. 22:14-20). Ele é a nossa pascoa que foi sacrificado por nós. Valorizemos o seu sangue, esse sacrifício gloriosos que nos deu vida e vida em abundancia.

Pascoa não tem nada a ver com coelhinho, chocolates, ovos, isso é coisa do paganismo, e um meio do comercio lucrar. Valorize o sangue de Jesus pois ele é a nossa pascoa. O seu sangue sobre a nossa vida nos livra da morte e nos dá vitória sobre o inimigo. Que Deus em Cristo nos abençoe.


Cristina M Silvano de Andrade//cris-silvano@hotmail.com

26 de março de 2014

O que é religião e o que é julgar?

Quem dera que todos soubessem explicar o que escrevem, tantas pessoas falam sobre religião e não sabem o que estão falando; atacam, afrontam os outros mas quando se pergunta: Me explica o que é religião? Elas falam um monte de besteiras que não tem nada há ver com o verdadeiro sentido da palavra.. Primeiro: A palavra religião vem do latim RELIGARE e significa religação. Quando o homem (Adão) pecou no jardim do éden perdeu a comunhão com Deus. Pois todos pecaram e fomos destituídos da glória de Deus. JESUS CRISTO veio para nos religar ao pai, veio ao mundo em carne, morreu e ao terceiro dia ressuscitou e nos deu chance através do seu sangue de nos arrependermos dos nossos pecados e receber a salvação das nossas almas, Ele é intercessor entre Deus e os homens, só Jesus nos religa ao pai, em nenhum outro há salvação somente em Cristo. Nem imagens de escultura, nem objetos "ungidos", nem homem algum, pode ser mediador entre nós e o pai.

Segundo: JESUS É A VERDADEIRA RELIGIÃO. Ele disse: Eu sou o caminho a verdade, e a vida ninguém vem ao pai se não por mim (João 14:6). Quando as pessoas falam em religião estão se referindo as denominações tais como: Assembleias de Deus, batistas, pentecostais e etc... Isso nada tem a ver com a verdadeira religião que é Jesus Cristo. Jesus não virá buscar denominações, Ele virá arrebatar a sua igreja (somente as igrejas verdadeiras) a Palavra igreja vem do grego que é ECLÉSIAS, e significa: "chamados para fora". Deus nos chamou para fora do sistema do mundo, do sistema que é dominado por satanás, pois o mundo jaz no maligno ( I João 5:19). Serão arrebatados aqueles que são fiéis ao Senhor e guardam a sua palavra, e não anda segundo o sistema do mundo. Portanto,  serão arrebatados somente aqueles que reconhecem só a Jesus Cristo como único senhor e salvador.

Deus EXIGE FIDELIDADE do homem, muitos dizem que tem Deus mas suas práticas dizem ao contrário, pois; mentem, matam, roubam, adulteram, se prostituem, invejam, usam drogas, vivem cantando e falando pornografias, palavrões, desejam mal aos outros, fazem maldades no dia a dia, o coração é cheio de ódio e rancor, esses não amam a Deus, pois quem ama a Deus guarda os seus mandamento, ele disse: AQUELE QUE TEM OS MEUS MANDAMENTOS E OS GUARDA ESSE É O QUE ME AMA, E AQUELE QUE ME AMA SERÁ AMADO DO MEU PAI, E EU TAMBÉM O AMAREI, E ME MANIFESTAREI A ELE (João 14:21). Portanto dizer que ama a Deus é fácil eu quero ver renunciar as práticas pecaminosas e os falsos prazeres do mundo.

O que é julgar?
Muitos dizem: Só quem pode julgar é Deus. É claro, e ele fará isso com toda certeza, pois a bíblia diz que ninguém escapará do juízo final, o juízo de Deus será sem misericordia, pois será o dia da vingança do nosso Deus. As pessoas não sabem o que significa a palavra julgar, e sempre dizem uma frase que me irrita muito em ver tamanha ignorância. Dizem: Você não pode julgar. Mas não sabem o que significa a apalavra julgar. Julgar significa: DETERMINAR A SENTENÇA DE ALGUÉM. E isso só Deus pode e fará. Quando dizemos que tais pessoas estão a caminho do inferno por causa das suas práticas, não estamos julgando, pois a expressão "está a caminho", não está determinando que a pessoa "está no inferno", ainda há tempo pra que se arrependa e não vá para o inferno. Jesus disse: Pelos frutos conhecereis a arvore ( Lucas 6:44).
Observar os frutos isso é o dever de quem serve a Cristo, e o que mais tem são pessoas produzindo frutos podres, contaminando e matando espiritualmente os outros, quem é servo de Deus tem que abrir a boca e desmascarar os servos de satanás, doa a quem doer e goste quem gostar. Pois somente a BÍBLIA É A DONA DA RAZÃO. Jesus disse: NÃO JULGUEIS SEGUNDO A APARÊNCIA, MAS JULGAI SEGUNDO A RETA JUSTIÇA (João 7:24). Temos que julgar segundo a palavra de Deus, que é a reta justiça. Se a palavra de Deus condena eu tenho que condenar, se a palavra de Deus abomina eu tenho que abominar, pois sigo a Cristo e não há homens, pois Ele mesmo disse: Basta ao discípulo ser como seu mestre, e ao servo como seu senhor (Mateus 10:25).


Portanto, antes de falar algo assegure-se do que está falando, temos que servir a Deus prestando-lhe um culto racional. Temos que explicar a quem quer seja a razão da nossa fé. Os covardes gostam de usar frases que justificam sua covardia, frases como: "Não é bem assim;" "Você não pode julgar;" "Você não pode falar isso;" "Cada um tem sua religião". São frases típicas de covardes que querem ser mais amigos do mundo do que amigos de Deus. Jesus nos chamou para fazer a diferença e não para ser igual ao mundo, e nem pra sermos contaminados com as práticas mundanas. JESUS ESTÁ VOLTANDO! Temos que anunciar aos quatro cantos da terra que ELE VIRÁ. Ele virá e nos salvará, Ele virá e julgará, Ele virá e condenará aqueles que não guardaram a sua palavra. Então dirá também aos que estiverem à sua esquerda: Apartai-vos de mim, malditos, para o fogo eterno, preparado para o Diabo e seus anjos. (Mateus 25: 42). Mas para aqueles que foram fieis até o fim, que amaram e praticaram a verdade, aqueles que estarão a sua direita ouvirá do senhor: Vinde, benditos de meu Pai. Possuí por herança o reino que vos está preparado desde a fundação do mundo (Mateus 25:34).

Então observe os frutos segundo a palavra de Deus que é a reta justiça, defenda com unhas e dentes, com a própria vida, que somente Jesus Cristo é a nossa religião, foi ele e não Maria que nos religou ao pai, foi o seu sangue que nos libertou nos tirou das garras do diabo. É o seu sangue que nos dá a vitória, nos torna mais alvo que a neve e nos faz pisar na cabeça de satanás. Somente a Jesus toda honra e toda glória, para todo o sempre amém!

Que por essa palavra Deus em Cristo Jesus, esclareça todo o teu entendimento.

Cristina M Silvano de Andrade/cris-silvano@hotmail.com

Jesus está voltando! Ele te ama e te chama vem!

Image Hosted by ImageShack.us