19 de outubro de 2016

Sodoma e Gomorra e os dias de hoje


Todos conhecemos a história de Sodoma e Gomorra que foram destruídas pelo próprio Deus, por causa da imoralidade,  Foram destruídas por Deus quase 2.000 anos antes da vinda de Jesus. Jesus fez menção dessas cidades em  (Mt. 10:15; 11:24; Lc 10:12).

A bíblia fala que Sodoma e Gomorra foram destruídas por causa do pecado, vejamos;
Gênesis 18:20 diz assim:  Disse mais o Senhor: Porquanto o clamor de Sodoma e Gomorra se tem multiplicado, e porquanto o seu pecado se tem agravado muito.
No capitulo 13:13 Deus diz: Ora, eram maus os homens de Sodoma, e grandes pecadores contra o Senhor.
Capitulo 19: 5  E chamaram a Ló, e disseram-lhe: Onde estão os homens que a ti vieram nesta noite? Traze-os fora a nós, para que os conheçamos.
No original essa palavra conheçamos, não é como o nosso conhecer aqui no Brasil, para nós é fazer amizade, conversar, saber mais sobre aquela pessoa. Para eles não, para eles conhecer, significava conhecer intimamente, isso mesmo eles queria manter relação sexual com aqueles homens, que eram anjos.

Então; logo identificamos o pecado do homossexualismo aqui, isso é uma prática abominável diante de Deus, ao ponto de está escrito que os  sodomitas (que praticam sexo anal) não entrarão no reino de Deus, se não se arrependerem e não largarem tais práticas. (1 Coríntios 6:10)
A bíblia diz que por causa do pecado essas cidades foram destruídas, e não importa o tipo de pecado, pois pecado é pecado e não importa qual, não existe pecadinho e nem pecadão, pecado é errar o alvo e isso nos afasta de Deus.
Em outra passagem bíblica veremos outro tipo de pecado  cometido por Sodoma. vejamos;
 Eis que esta foi a iniquidade de Sodoma, tua irmã: Soberba, fartura de pão, e abundância de ociosidade teve ela e suas filhas; mas nunca fortaleceu a mão do pobre e do necessitado. (Ezequiel 16:49).

Os habitantes de Sodoma não só pecava, mais viviam em iniquidade, (prática constante do mesmo pecado). Note que o texto fala sobre orgulho, fartura de pão (prosperidade natural), e ociosidade, e não ajudar  o  pobre e necessitado.

Comparando com  os dias atuais em que vivemos

- Homossexualismo; essa prática tem avançado em nossos dias de uma maneira terrível, criaram até leis para "legalizar o pecado", como se isso fosse possível, o que a palavra de Deus condena nunca será legalizado, e a bíblia deixa bem claro sobre tais práticas (Levíticos 18:22 ; 20:13 ; I Cor 6: 10; Apoc 21:8).

Isso é abominação aos olhos do Senhor, querem nos fazer engolir de garganta a baixo, algo que a palavra de Deus condena. No principio da criação Deus não criou dois homens, ou somente duas mulheres, Ele criou macho e fêmea, Adão e Eva. Parece que somos anormais quando discordamos de tais práticas, mais aquele que serve a Deus, nunca deve esquecer que a lei que rege o crente é a palavra de Deus, devemos respeitar as leis dos homens até ao ponto que ela não confronte com a palavra do nosso Deus, pois quando isso acontece temos que rejeitar as leis humanas e nos guiar somente pela palavra de Deus. Foi assim com Daniel, ele era obediente ao rei Dario até ao ponto que não colocasse em jogo a sua vida com Deus, quando criaram leis injustiças o impedindo de orar ao seu Deus ele rejeitou e ainda disse para o rei ficar tranquilo e cumpri o seu decreto, pois ele era inocente diante de Deus, e isso agradou tanto a Deus que Ele o livrou da boca dos leões famintos, se formos fies ao nosso Deus ele pelejará por nós e o seu nome em nós será glorificado.

Daniel 9:27 diz que o assolador (anticristo ) virá sobre as asas da abominação, você conhece maior abominação do que o homossexualismo? Jesus está voltando, e o diabo está fazendo de tudo para implantar as suas leis, mais aqueles que tem ouvidos ouça o que o Espírito diz as igrejas.

- Orgulho; O orgulho tem sido a queda de muitos, o altivo de coração, o soberbo, aquele que se acha o dono da verdade, que quer ser melhor que os outros, que não reconhece seus erros, esse é o orgulhoso, e como muitos estão assim dentro das igrejas, não deixaram Deus moldar o seu caráter, se enchem do seu eu, não se converteram verdadeiramente ao evangelho de Jesus. Ele nos ensinou sermos humildes e mansos de coração, o orgulho é uma arma letal para aqueles que alimentam esse sentimento, a pessoa irá sucumbindo lentamente e quando perceber morrerá. O orgulhoso não perdoa e nem libera o perdão pois se sente na posição de Deus. Arrepende-te enquanto há tempo pois assim como Deus destruiu Sodoma por causa do orgulho, permitirá a tua destruição, pois ele não se deixa escarnecer.

- Fartura de pão; isso não nos lembra algo? Sim, a praga maldita da teologia da prosperidade, é isso que estamos vendo em nossos dias, esses líderes diabólicos levando o povo a se fartar somente das coisas da terra, querem carros do ano, casas, ser empresários, ser bem sucedidos, tudo isso para que? Para morrer e ficar tudo ai, ou então para desfrutarem no governo do anticristo, pois quando Jesus vier buscar os fiéis, todos aqueles que estão embaraçados com as coisas deste mundo ficarão. Querem se fartar de todas as coisas boas da terra, mas são vazios espiritualmente, são sepulcros caiados, por fora lindos, mais por dentro podres, pois não praticam a palavra de Deus, não dão a minima para os ensinamentos de Jesus, que diz: Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas (Mateus 6:33). Assim como Deus destruiu Sodoma por causa deste pecado, destruirá também os que o praticam hoje, se não se arrependerem.

- Abundancia de ociosidade; uma pessoa ociosa é preguiçosa, não gosta de fazer nada pra ninguém,  faz corpo mole pra tudo, (tanto pras coisas naturais, como para as espirituais) as pessoas de Sodoma tinham abundancia disso, ou seja, eram muitos ociosos, e isso não agrada a Deus, parece uma coisa tão comum não é, mais Deus não vê como vê o homem, uma pessoa ociosa, é uma pessoa egoísta que só pensa em si própria não quer fazer nada pra ajudar os outros, pois isso vai lhe dá trabalho, pode fazer o bem e não faz, Tiago diz que aquele que pode fazer o bem e não faz comete pecado (4:17), o preguiçoso só quer tirar proveito das situações, mais Deus está observando, muda de atitude enquanto há tempo, pois como ele destruiu Sodoma por causa desse pecado, também permitirá que sejas destruído se não te arrependeres.

-  Nunca fortaleceu a mão do pobre e do necessitado; tinham condições de ajudar o pobre e o que tinha alguma necessidade específica, mas não faziam. Quantos hoje tem uma condição financeira boa, e não ajuda o seu próximo, não ajuda o necessitado, querem dinheiro somente para guardar, e desfrutar das riquezas desta terra. Uma conhecida foi em uma dessas "igrejas" da prosperidade e viu o "pastor" falar com uma senhora que foi pedir ajuda, pois estava sem nada em casa pra comer, e ele lhe disse: Vai lavar um tanque de roupa e dá o teu dízimo e então Deus vai te abençoar, é isso que eles fazem com aqueles que não tem conhecimento bíblico e deixa se levar por esses canalhas com nome de pastor. Uma coisa é quando você não tem condições e não pode ajudar, Deus sabe quem verdadeiramente pode ajudar e não ajuda. Arrepende-te enquanto há tempo, pois como foi com a cidade de Sodoma será também com você que pratica tais coisas e pensa que Deus não tá vendo, ele trará todas as coisas a juízo, pois a ele ninguém engana.

Deus não mudou ele é o mesmo e assim como foi nos dias de Sodoma e Gomorra será nesses dias, onde a iniquidade tem aumentado dia apos dia,  onde os homens a cada dia são amantes de si mesmos, e buscam somente o reino deste mundo, e se esquecem que Jesus está voltando!

Que possamos refletir e fazer uma analise em nós se estamos fazendo algo que desagrada ao Senhor, pois as vezes tem coisas que aparentemente não é nada demais, mais aos olhos de Deus é pecado, é iniquidade.

Nesse estudo aprendemos que não foi somente o homossexualismo o pecado de Sodoma e Gomorra,  foram coisas que aparentemente não eram tão importantes, mas que desagradaram ao Senhor ao ponto do clamor por causa do pecado ter subido até a sua presença, mas ele revelou ao seu servo Abrão que destruiria aquelas cidades e poupou a vida de Ló e suas filhas. Ele nos avisa que está voltando e que aniquilará o impio e salvará a vida do justo, daqueles que foram lavados e remidos no seu sangue, e não se contaminaram e nem se curvaram diante das abominações que estão sobre o mundo.
Que Deus em Cristo nos abençoe com essa palavra, em nome de Jesus!


Cristina M Silvano

10 de setembro de 2016

Somos diamantes do Senhor


O diamante é uma pedra muito preciosa, de um alto valor, uma joia desejável, e agradável aos olhos o seu brilho reflete como um arco iris, sem deixar dúvida de que tem um valor imensurável. Mas para se tornar um diamante desejável passa por alguns processos e é preciso ser lapidado, para que adquira um brilho intenso e a linda  forma na qual somos acostumados vê-los.

Assim somos nós precisamos ser lapidados pelo Senhor, para refletirmos o brilho da sua glória. E não deixarmos dúvida que somos preciosos nas mãos do Senhor, que ao olharem para nós possam ver o brilho de Cristo em nós, e possam desejá-lo.

Particularidades do diamante:

Os Diamantes são  carbono em seu estado mais concentrado. O carbono, é  o elemento  que está presente em 19% da nossa massa corporal total. Os diamantes precisam de muita compressão e calor para ser formado, requer alta temperatura e pressão de tal forma que possa ser forjado apenas dentro do fogo da terra, por exemplo, cerca de 90 milhas abaixo da superfície.
Somos diamantes nas mãos do Senhor, precisamos passar pelo fogo, nascer no fogo do Espírito Santo, para sermos aprovados pelo Senhor, como o diamante é formado de baixo do fogo da terra onde ninguém vê, assim somos formados pelo Senhor, onde somente ele ver, no mais profundo do nosso ser.

Nos garimpos os  diamantes são extraídos brutos, são arrancados das rochas, os colocam em uma peneira onde é feito a separação, são lavados nos rios, e são retiradas as impurezas, saem a terra, e objetos que não tem valor, e ficam somente as pedras brutas.
Assim somos nós quando não temos a Cristos, somos brutos (seres naturais), mas somos arrancados do mais profundo pecado, somos lavados pela palavra, o Senhor tira de nós toda a impureza, e nos purifica com o seu sangue e nos transportou para o reino do filho do seu amor, e nos fez assentar como príncipes e princesas.(e passamos ser seres espirituais).

Pode apresentar uma variedade de cores partindo do incolor, amarelo, vermelho, alaranjado, verde, azul, castanho e preto. Um diamante é mais valioso a medida em que sua cor é mais próxima ao incolor.

Esses tons podem simbolizar várias etapas das nossas vidas, mais somente quando tivermos um encontro com Cristo, quando tivermos a transparência da sua palavra veremos a glória de Deus, e seremos valorizados através da palavra de Deus.

É o mais duro dos minerais simboliza a firmeza da palavra de de Deus, é uma rocha, é o nosso escudo e broquel, a palavra de Deus é um muro intransponível que nos esconde dos nossos inimigos, devemos estarmos firmes na rocha que é Cristo, termos firmeza espiritual.

É o mais brilhante, simboliza a lampada, a luz da palavra, que nos ilumina e nos mostra o perigo deste mundo mal que jaz no maligno, assim devemos exercer o nosso papel de luz do mundo que venhamos brilhar sempre em meio ao mundo que está em trevas total
É o mais transparente - A palavra de Deus é transparente, e nos mostra que pra servirmos  a cristo temos que ter a transparência da palavra em nossa vida, temos que ter uma só personalidade, que é a de Cristo pois temos a mente de Cristo. A transparência mostra quem é quem, ninguém engana a Deus, pois seus olhos são como chamas de fogo.

Dizem os especialistas que não existem dois diamantes iguais. Cada um é único e exclusivo, com suas características próprias.

Não existe ninguém igual a você, você é obra prima do Senhor, moldado e transformado para a glória do seu nome, então valorize isso, se levante em nome do Senhor e tome posse da vitória pois você é único. Ele quer contar contigo, pois és muito precioso para o Senhor.

Para ser lapidado um diamante deve ser primeiramente entregue a um especialista que examinará cuidadosamente a pedra buscando o melhor aproveitamento possível. Somente Deus pode nos lapidar ele é o especialista por excelência, somente ele sabe como tratar com cada um de nós, ele sabe onde apertar mais, onde polir mais, onde  a chama do fogo tem que queimar mais, somente ele nos purifica e nos faz um diamante precioso de tão grande valor. Ele nos prova, nos exorta, nos corrige, pois  o pai que ama, reprende e castiga os seus filhos, pois só quer o nosso bem.

Processos que passam os diamantes:

 Passam pela serra

A serra é uma fina lâmina de bronze fosforoso, um diamante para ser cortado precisa de um outro diamante, pois  como são uma das substancias mais duras da terra, a poeira do próprio diamante é usada para fazer o corte com a lamina.
Quando nos deparamos com a dureza que a vida nos tras, muitas vezes ficamos em pedaços em pó. mas é Deus nos preparando para nos aprimorar mais para as outras etapas da vida

Pelo o desbaste

O formato inicial de um diamante é dado pelo processo de desbaste. Este processo cria seu formato básico, que será posteriormente polido para adicionar as facetas. Durante o desbaste, o diamante é posto em um torno mecânico, uma ferramenta que gira um item para lixar, polir ou cortar. Enquanto o diamante gira, outro diamante roda pressionando e dando à pedra um formato redondo. O desbaste também é chamado bloqueamento.

Esse processo prepara o diamante para o processo final que é o polimento. Precisamos passar por provas, por certas circunstancias para que o nosso caráter seja formado, aprendemos mais ao passo que estamos nas mãos do especialista por excelência, vai doer, vamos nos ferir, mais é o oleiro moldando o vaso, para o tornar vaso de honra.

Passa pela roda de polimento

O diamante é refinado em uma roda polidora. Este é o último estágio de fabricação de um diamante. O primeiro estágio do polimento é a lapidação. Na lapidação, o desenho simétrico básico do diamante é determinado. O diamante é polido pelo corte. A gema é então colocada em uma vareta chamada de "dop" e esfregada contra um disco de metal em rotação. Alguns diamantes ainda passam por um processo de polimento chamado abrilhantamento. Neste processo, podem ser feitos até 40 cortes. O número de facetas adicionadas durante esses dois processos determina o brilho do diamante, o que fará uma grande diferença no valor da pedra.

Nesse processo somos lapidados, para obtermos a forma perfeita é nesse processo que o diamante fica da maneira que vemos nas joalherias, é necessário sermos moldados pela palavra (vareta chamada dop) sermos polidos, até se encaixar em provérbios 4:18 que diz : A vereda do justo é como a luz da aurora, vai brilhando mais e mais até ser dia perfeito. A medida que somos moldados pela palavra, refletimos o brilho de Cristo, até chegarmos a estatura de varões perfeitos.

Avaliação

Os diamantes são avaliados pelos seguintes itens:

Cor - Os mais valiosos são os incolor
Pureza - É a claridade
Lapidação - É o corte, Se não for bem lapidado não obtêm o formato ideal
Quilates - O peso

Somos avaliados pelo Senhor, se estamos sendo transparentes, vivendo com clareza, se estamos no formato ideal que é no molde da sua palavra, e se estamos no peso ideal, não fisicamente, mas espiritualmente, o Senhor pesa nossas obras em balança justa, foi assim com Beltssazar, em Daniel Cap. 5, ele foi pesado na balança de Deus e achado em falta. Ele é o especialista por excelência, só ele pode nos aprovar, e nos lançar na seara, para fazermos a diferença, só ele pode dizer se somos aprovados ou não, só ele pode nos colocar em lugar de destaque, e contar conosco para que com o nosso brilho e valor venhamos ofuscar as trevas.

 Uma pedra que me chamou muita atenção também foi o Carbúnculo a cor principal é a vermelha. Seu nome vem do grego "pyros" para fogo. Cor variável, a vermelha, mais ou menos  voltada para a tonalidade castanha, sendo a mais procurada. Era chamada "carbúnculo" que significa, vermelho como brasa.

O vermelho tem vários significados na simbologia bíblica, e o mais notável é o sangue de Jesus, nos mostra que quando temos a cobertura do sangue de Cristo, o fogo de Deus arde constantemente em nossas vidas nos dando vitórias, e fazendo que tenhamos sempre acesas dentro de nós a brasa da esperança, que um dia Jesus voltará e nos levará para si.

Juntando então as características dos diamantes e do carbúnculo, concluímos que:  Somente pela  palavra de Deus e pelo sangue de Cristo venceremos, e faremos a diferença.E eles, o venceram pelo sangue do Cordeiro, e pela palavra do testemunho, e não amaram as suas vidas mesmo em meio a face da morte( Ap 12:11).


Cristina Silvano/cris-silvano@hotmail.com

11 de setembro de 2015

As vestes dos sacerdotes



Em Êxodo 28, fala sobre as vestes dos sacerdotes: Estas, pois, são as vestes que farão: um peitoral, e um éfode, e um manto, e uma túnica bordada, e uma mitra, e um cinto; farão, pois, vestes santas a Arão, teu irmão, e a seus filhos, para me administrarem o ofício sacerdotal. 
Tudo relacionado ao tabernáculo, e as vestes sacerdotais tem uma simbologia, nada é por acaso, iremos analisar, com a ajuda indispensável do Espírito Santo, as vestes dos sacerdotes.
No versículo acima Deus descreve item por item, das vestes dos sacerdotes, e deixa bem claro que essas vestes são santas, (separadas) para que Arão e seus filhos exercessem a função sacerdotal. 

O éfode


Éfode de modo geral, era um manto ou xaile, mas que para o Sumo Sacerdote de Israel era um artigo de vestuário exterior particular, no estilo de uma túnica ou avental. (Wikipédia, a enciclopédia livre). 

O éfode era feito de ouro, de pano azul, de púrpura, e de carmesim, e de linho fino torcido, de obra de esmeralda, com duas obreiras que se uniam as suas duas pontas (Êx 28:6,7).

O Ouro simboliza a glória de Deus sobre o seu povo, que viria do céu (simbolizando o azul, azul simboliza uma ação direta do céu) , a purpura ou roxo, é formado das misturas do azul com o vermelho, junto com o carmim simbolizam o sangue de Jesus que desceu do céu para nos redimir de todos os pecados, essa parte o vestuário era posta por cima das outras vestes, é o sangue de Jesus que nos cobre e nos livra de todo o mal. O linho fino torcido era superior aos outros linhos, era de melhor qualidade, simbolizando a Cristo o filho de Deus, Deus deu o melhor que ele tinha para nos garantir a vida eterna. Obra de esmeralda, esmeralda, é uma pedra de cor verde clara e verde escura, sem nenhuma outra mistura.

A cor verde na simbologia bíblica significa fartura, bonança, suprimento, prosperidade (Gn 1:30; 9:3 ; Sl. 23:2; 52:8.)
Isso nos mostra que se não nos misturarmos com as coisas do mundo, não nos contaminarmos com o pecado, mantermos a nossa vida em comunhão, e santificação, desfrutaremos do melhor de Deus, ele nos fará prosperar, financeiramente, espiritualmente, fisicamente se guardamos a sua palavra sem mistura. 
As duas ombreiras que se uniam as suas duas pontas (dois na numerologia bíblica simboliza confirmação, testemunho) simbolizam o antigo e o novo testamento, a lei e a graça que se unem e concordam plenamente um com o outro, em relação ao messias, o antigo testamento apontou para Cristo e o novo mostra Cristo para toda a humanidade, o novo trás o cumprimento da promessa.
Tinham duas pedras de Sardônica ou Ônix, em cada ombreira, com o nome dos 12 filhos de Israel, 6 de um lado, e 6 do outro.  Sardônica É uma pedra preciosa, uma espécie de mármore com camadas policrômicas (coloridas). O ônix é uma pedra de várias cores. Uma cor muito comum de se encontrar é o ônix de cor preta.
Nos mostra com isso as diversificações da palavra, que age em nossas vidas, somos alcançados todos os dias com uma palavra de cura, uma palavra de libertação, de livramento e etc..
Na numerologia bíblica, 12 simboliza plenitude, e 6 é o numero do homem, nos mostra que plenamente o homem pode ser cheio da palavra da glória de Deus.

O cinturão


E o cinto de obra esmerada do éfode, que estará sobre ele, formando com ele uma só peça, será de obra semelhante de ouro, azul, púrpura, carmesim e linho fino torcido.(Êx. 28:8)

Cinto é um adorno que serve para sustentar, na época do antigo e novo testamento o cinto era vestido somente por quem tinha autoridade.
O cinto era feito do mesmo tecido, formando assim uma só peça, significando que Cristo e sua palavra é que nos sustenta, e nos faz ser um só com ele.

O peitoral 


Era usado por cima do éfode, era quadrado, feito de material formosamente tecido. Na frente do peitoral foram firmadas as doze pedras preciosas em quatro filas de três. Em cada uma destas pedras foi gravado o nome de uma das tribos de Israel (leia o estudo 
Pedras preciosas e seu significado a luz da bíblia).Era chamado de peitoral do juízo, porque ali ficava o Urim e Tumim, através das quais o julgamento de Deus poderia ser manifesto.

O Urim e o Turim, que provavelmente eram duas pedras (não podemos afirmar) , eram usados para consultar a Deus, como uma especie de lançar sorte (sim e não). Urim significa: Luzes e tumim significa: Perfeições, podemos então dizer que através da luz da palavra de Deus, é que vem a resposta perfeita para tudo o que precisamos.


O peitoral era ligado ao éfode, por 4 anéis  de ouro em cada extremidade, eram ligados com uma tira azul aos 2 anéis do éfode. Na numerologia bíblica 4 significa: Uma operação de Deus que abrange os quatro cantos da terra, e o numero 2 confirmação. Isto significa que Deus através da sua palavra gloriosa alcançará toda a terra.


O Manto do Éfode' (28:31-35, 39:22-26) 


O manto do éfode era um vestido azul sem manga, tecido sem qualquer costura, que ficava embaixo do éfode, estendendo-se um pouco a mais que o éfode no comprimento.(a cor azul simboliza uma ação direta do céu) Nas bordas havia romãs nas cores azul, púrpura, e carmim, e campainhas de ouro no meio delas. Tinha uma campainha de ouro e uma romã, outra campainha de ouro e outra romã. Tanto as  romãs como os sinos simbolizavam a palavra de Deus. Uma palavra de prosperidade, e uma palavra de  misericórdia, pois a romã era simbolo de frutificação e fertilidade devido as suas muitas sementes, e os sinos ao tinir faziam o povo saber que o sumo sacerdote estava vivo, intercedendo pelo povo.

Havia também a túnica branca que era mais comprida que o manto do éfode (branco simboliza santidade e pureza) nos faz entender ligando com o significado da cor azul do manto do éfode, que sem santidade não entraremos nas mansões celestiais.

A Mitra ou Coroa (Ex. 28:36-38, 39:30,31)


A mitra uma especie de turbante, que era posta na cabeça do sumo sacerdote e tinha uma placa de ouro puro (ouro simboliza glória) na frente, e estava escrito: SANTIDADE AO SENHOR. Tinha um cordão azul (ação direta do céu) que prendia a mitra. Temos que ter a nossa mente renovada pela glória de Deus, ter nossa mente santificada, com pensamentos dos céus e não das coisas da terra, como diz em Colossense 3:1. Temos que nos santificar todos os dias, nos separarmos da coisas que desagradam a Deus, e não deixar que a nossa mente (campo de batalha espiritual) se contamine com as sugestões de satanás. Jesus está voltando e sem santidade ninguém verá a Deus.


Cristina Silvano/cris-silvano@hotmail.com

29 de agosto de 2015

A vinda de Cristo em relação a nação de Israel

No evangelho de João 1:11 fala a respeito da vinda de Cristo na terra para a nação de Israel, diz que:  Veio para o que era seu, mas os seus não o receberam. Ele veio para o povo judeu e eles não o receberam o desprezaram, rejeitaram o filho de Deus. No entanto ele não deixou de amar a nação de Israel, ele morreu para que todo aquele que nele crer não pereça mais tenha a vida eterna (João 3:16).

Israel estava esperando um rei político, cheio de riquezas terrenas, e não um humilde carpinteiro, cuja origem eles achavam que conheciam, achavam que era filho de José e Maria, e que era Galileu, como poderia vir alguma coisa boa daquele homem, o odiaram o desprezaram e preferiram Barrabás um malfeitor, do que o filho de Deus, clamaram dizendo: "que o seu sangue caia sobre nós". E assim sucedeu quase que os judeus foram totalmente exterminados da terra, sofreram grande massacres, conhecidos até hoje pela história, e o sangue do justo está caindo sobre eles até hoje.
Jesus morreu e ressuscitou e prometeu que vai voltar, João 14:1,2. Ele preparou lugar e voltará para levar para si um povo que lhe é querido, ele vem buscar aqueles que são fies a sua palavra, e que não amam a sua vida mesmo em meio a face da morte (Ap. 12:11). Ele vem arrebatar aqueles que o receberam, e creram no seu nome.

Israel está esperando o Messias até hoje, eles estão esperando o nascimento da uma novilha vermelha, se baseando no que está escrito em  Num. 19. No ano de 2014 nasceu em uma fazenda na cidade de Nova Jersey (EUA) uma novilha vermelha, foi observada todos os dias e que tamanha decepção, quando os pelos pretos começaram a crescer. Eles esperam a construção do terceiro templo, que será no lugar onde hoje é a mesquita em Jerusalém. Eles acreditam que o messias que ainda virá irá construir o novo templo, e trazer a paz para Jerusalém. Até hoje os judeus não reconhecem o nosso Cristo como filho de Deus.

Jesus irá voltar para arrebatar a sua igreja, e como será com a nação de Israel?

Jesus disse em Lucas 13:35: Eis que a vossa Casa vos ficará desabitada! E, com toda a certeza vos asseguro, que não mais me vereis até que venhais a proclamar: ‘Bendito o que vem em nome do Senhor!”

Paulo diz em Romanos 9:26-28

E mais: “Acontecerá que no mesmo lugar em que lhes foi declarado: ‘Vós não sois meu povo; aí serão chamados filhos do Deus vivo!’” Também Isaías proclama em relação a Israel: “Ainda que o número dos israelitas seja como a areia do mar, apenas o remanesceste é que será salvo! Porquanto o Senhor executará sobre a terra a sua sentença, rápida e de uma vez por todas”.
Zacarias 12:10 profetiza: Mas sobre a casa de Davi, e sobre os habitantes de Jerusalém, derramarei o Espírito de graça e de súplicas; e olharão para mim, a quem traspassaram; e prantearão sobre ele, como quem pranteia pelo filho unigênito; e chorarão amargamente por ele, como se chora amargamente pelo primogênito.


Jesus deixou bem claro que Israel só o veria de novo, se o reconhece como o bendito do Senhor, o filho de Deus, Paulo e Isaías falam sobre o remanesceste que seriam salvos, e Zacarias deixa bem claro, que na batalha do Armagedom Israel reconhecerá aqueles que o transpassaram. Só dessa forma haverá salvação para Israel, quando reconhecerem e aceitarem o bendito do Senhor.
Zacarias 13:8,9  E acontecerá em toda a terra, diz o Senhor, que as duas partes dela serão extirpadas e expirarão; mas a terceira parte restará nela. E farei passar essa terceira parte pelo fogo, e a purificarei, como se purifica a prata, e a provarei, como se prova o ouro; ela invocará o meu nome, e eu a ouvirei; direi: É meu povo; e ela dirá: O Senhor é meu Deus.

A igreja está aguardando ansiosa a segunda vinda do Messias, os Judeus ainda estão aguardando a primeira vinda, e se surpreenderão( quando estiverem quase sendo exterminados pelo inimigo) quando verem o bendito do Senhor , e o aceitarem, então se cumprirá a palavra que diz:  Porque: Todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo (Romanos 10:13).

Que Deus em Cristo Jesus nos abençoe

Cristina M Silvano de Andrade/cris-silvano@hotmail.com

15 de junho de 2015

O valor do pão que desceu do céu

Jesus disse eu em João 6:35: Eu sou o pão da vida; aquele que vem a mim não terá fome; e quem crer em min nunca terá sede.
E em João 6:51a: Eu sou o pão vivo que desceu do céu.
Jesus veio com a sua palavra trazer o verdadeiro alimento espiritual, temos que saber a importância que esse alimento espiritual tem para o nosso espírito.

Não adianta cuidar bem somente do nosso corpo, ter uma alimentação saudável, livre de frituras, gorduras, (isso é muito importante para o corpo) se o nosso espírito está morrendo de fome, se não estamos dando valor ao pão que desceu do céu, se não estamos nos alimentando da santa palavra de Deus; se não estamos discernindo o alimento espiritual que tem nos feito mal, a palavra falsificada é como a gordura trans, e as frituras que ingerimos, e faz mal ao nosso corpo, elas matam o espírito; por isso em tantos lugar com nome de igrejas, estamos vendo pessoas mortas espirituais, que vivem igual os avestruzes, com a cabeça enfiada na terra, só pensão em ter, conquistar, possuir, somente as coisas da terra, fazem essas campanhas tolas da falsa teologia da prosperidade, não alimentam o espírito, só satisfaz o desejo de ambição que eles tem das coisas da terra; eles não fazem correntes, e campanhas de oração, não fazem campanhas pra adquirirem, dons, talentos, unção, cura, libertação, só fazem campanha para serem empresários, ter casas, carros, relacionamentos e etc.. E o pior de tudo cobram muito caro por isso, arrancam dinheiros dos tolos faltos de entendimento.
Despertemos enquanto há tempo Jesus o pão vivo que desceu dos céus está voltando, e só vai subir com ele, quem dá valor a sua palavra que é o verdadeiro alimento.


Jesus quando veio na terra nunca se preocupou com nada natural, nunca se preocupou em levar o povo para buscar as coisas da terra, ao contrário ele disse: Buscai primeiro o reino de Deus e a sua justiça e as demais coisas vos serão acrescentadas (Mat 6:33). Ele nunca nos incentiva a buscar o natural, pois ele é fiel a sua palavra, se buscarmos o espiritual, o que é natural que precisamos ele fará chegar em nossas mãos, pois ele sabe do que precisamos. Ele repreendeu Marta irmã de Lázaro,porque estava preocupada somente com os afazeres naturais, e elogiou que Maria havia escolhido a melhor parte a qual não lhe seria tirada. Maria havia escolhida ficar aos pés de Jesus ouvindo a sua palavra.


Quando Jesus veio na terra costumava usar as coisas naturais, para nos puxar para o espiritual, não para que valorizássemos o natural; mas para que abríssemos os olhos espirituais, e valorizássemos mais a sua palavra, como ele fez com  a mulher Samaritana ele usou a água natural, para puxá-la para importância da água espiritual que é a sua palavra. No episódio quando ele se revela ser o pão da vida, e o pão vivo que desceu do céu, ele usou o pão, um alimento universal, que todos conheciam, e que davam muita importância, pois o pão era, e é um alimento muito importante para o povo, mesmo tendo vários formatos, todos gostam de saborear o pão. Deus quer suprir a nossa necessidade diária em todos os aspectos, mais isso só é possível se nos enchermos da sua palavra, e deixarmos de sermos crentes naturais, para  sermos crentes espirituais.
Se não darmos o devido valor, ao pão vivo que desceu do céu, a Cristo e sua palavra, seremos raquíticos, fracos, levados por esses malignos ventos de doutrinas que tem dominado os lugares que dizem ser igreja, pois igrejas verdadeiras já deixaram de ser a muito tempo (se é que um dua foram), quando deram vasão ao mundanismo e se tornaram hereges.


Oseias 4:6 tem se cumprido nos nossos dias, o povo está sendo destruído porque lhes faltou o entendimento, não conhecem o pão vivo que desceu do céu, pois se conhecessem lhes davam o devido valor, não levavam pra casa "objetos ungidos" dizendo que recebem a benção por causa desses objetos, se conhecessem a Cristo de fato e verdade acreditavam somente na sua palavra, pois foi somente o que ele deixou, e mandou seus discípulos ensiná-la ao povo (Mat 28:20).
É necessário que voltem ao primeiro amor, e reconheçam que assim como o corpo precisa comer de 3 ou mais vezes o dia, o nosso espírito também precisa se alimentar da palavra de Deus; Estou falando da verdadeira palavra de Deus, da que foi regada a sangue, a que Cristo veio trazer, não dessa palavra falsificada que os falsos mestres tem pregados nos últimos dias, esses profanos tiram um versículo fora do contexto para pregarem as sua heresias destruidoras, eles usam a palavra de Deus, em um texto isolado para dar vasão as suas mentiras, fazem igual o diabo, (que é o pai deles leia João 8:44) fez para tentar enganar Jesus em Lucas 4, e Mateus 4, Jesus rejeitos essas ofertas rejeite isso em nome de Jesus, e se encha da palavra que sai da boca de Deus, usada com fins de produzir a vida eterna, e não da palavra que sai da boca do diabo e seus servos, com intuito de buscar as coisas da terra e consequentemente de levar a condenação eterna.


Quem se alimenta da verdadeira palavra de Deus, não é enganados pelos mercenários, pelos lobos vestidos de ovelhas, não é levado por qualquer vento de doutrina, o apóstolo Paulo disse que se até mesmo um anjo, descesse do céu e anunciasse um outro evangelho, que não fosse o de Cristo deveria ser considerado anátema (maldito). Pare e pense, compare o evangelho de Cristo com esses que está sendo pregado por ai, nesses grandes templos suntuosos, não tem nada a ver um com o outro, então podemos afirmar sem medo de errar, que o evangelho da facilidade é maldito, e levará a todos os que o defendem e o praticam a maldição.
Jesus o verdadeiro pão vivo, o único que pode saciar a nossa fome espiritual, não teve, casas, carros, conta bancária, nunca cobrou pra pregar o evangelho, e muito menos foi empresário, ao contrário exerceu uma profissão bem humilde, foi carpinteiro, porque que ele não veio em carruagem de luxo, preferiu andar na filha de uma jumenta? Porque ele não nasceu em uma mansão e sim numa manjedoura? Porque não foi um líder político como os judeus esperavam? Pra nos mostrar, que ele veio fazer a vontade do pai, e a vontade do pai era que ele morresse na cruz, para nos libertar e nos perdoar dos nossos pecados,  e nos dá a vida eterna, ele não morreu pra que conquistássemos as coisas da terra, mas sim que venhamos alcançar as mansões celestiais, ele quer que venhamos entender, que as coisas naturais devem ficar em segundo plano, pois nada levaremos dessa terra quando partirmos, tudo ficará, temos que valorizar o que é espiritual pois permanece para sempre, Ele disse: Os céus e a terra passarão, mais as minhas palavras não ão de passar (Mat 24:35). Esses mercenários não sabem o que é a verdadeira prosperidade, ser próspero é ter as suas necessidades diárias serem supridas pelo Senhor. É não ter sobrando, e sim nunca ter faltando.


A fome espiritual que é profetizada em Amós 8:11,12 parte dessa profecia tem se cumprido nos últimos dias, Deus está enviando fome e sede, não de pão e nem de água, mas que ouçam a sua palavra, a coisa mais rara hoje em dia, é ver o verdadeiro evangelho sendo anunciado. Ame valorize, defenda, se possível morra por essa palavra, pelo pão vivo que desceu do céu, não se acovarde, pregue o verdadeiro evangelho, doa em quem doer e goste quem gostar, pois o pão vivo que desceu do céu, voltará, e levará para se um povo, forte, um povo valente e que não se acovardaram; um povo que venceram pelo sangue do cordeiro, e pela palavra do testemunho, que não amaram as suas vidas mesmo em meio a face da morte (Ap 12:11). Temos que manter firme o propósito de que estamos nesta terra para agradar a Deus e não aos homens.

Termino com uma frase de um belo hino da Harpa cristã que diz: Eis que surge um povo forte revestido de poder, que não teme o mal, e a morte e quem a ele pertencer, e terá sublime sorte, pois com Cristo ao céu vai, poderás também dizer sou um dos tais?
Um dos tais, um dos tais pode tu também dizer sou um dos tais?

Que sejamos um dos tais em nome de Jesus.

Cristina Maria Silvano de Andrade/ris-silvano@hotmail.com


                                                                     

Jesus está voltando! Ele te ama e te chama vem!

Image Hosted by ImageShack.us